Jocum de Worcester e a cidade




A base de Worcester foi fundada em 1998 na cidade onde a 100 anos teve um dos maiores avivamentos da história da igreja moderna.
Durante sua vida como Pastor e missionário Andrew Murray escreveu centenas de livros, fundou escolas, seminários, orfanatos e iniciou várias obras sociais.





100 anos mais tarde ainda se pode perceber os resultados deste avivamento. Worcester tem as melhores escolas para cegos, surdos, e cego-surdos de todo o continente africano.

Mas algo que influenciou muito o país e a cidade foi o regime chamado Apartheid ("separação"), que é uma palavra de origem Africans, adotado legalmente em 1948 na África do Sul. Este davam aos brancos o poder sobre o governo, negócios, escolas e etc, enquanto e os povos restantes eram obrigados a viver separadamente. (Leia mais em http://pt.wikipedia.org/wiki/Apartheid)
Os não-brancos eram isolados do acesso a educação formal e o salário destes eram muito inferiores.
A região de Worcester é famosa pelo vinho e pela produção de uvas de mesa. A poucos anos atrás, os empregados das fazendas recebiam parte do pagamento em vinho. Isto teve um efeito tremendo dobre as famílias coloreds (mulatas) da região. O índice de alcoolismo é altíssimo e em algumas regiões de Worcester chega a ser acima de 90% da população adulta.

Drogas, gangues, violência são problemas constantes da cidade e do país de um modo geral. A maioria dos jovens coloreds são viciados em metanfetaminas, aproximadamente 70%.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Douglas Hugentobler

Douglas é o diretor acadêmico da Universidade das Nações em Worcester, África do Sul. Ele faz parte da liderança da Jocum em Worcester, onde mora há 16 anos junto com sua esposa e filhas.

    Comentar pelo Blogger
    Comentar pelo Facebook