Kibbutz El-Shammah


Kibbutz El-Shammah é um ministério da Jocum de Worcester, iniciado a partir de um trabalho com as gangues de Worcester. Worcester era conhecida pelas lutas entre gangues e disputas pelo mercado das drogas. Ainda hoje, Worcester é o centro de distribuição de drogas para o continente africano sul do Saara.

As duas gangues principais eram os "Nascidos livres" e os "Escorpiões" que estavam devastando a comunidade de Roodewal, que além da exposição à violência, tinha que lidar com problemas de álcoolismo, drogas, estupros, desemprego e vários outros problemas sociais.


O Kibbutz El-Shammah começou como um projeto de desenvolvimento social baseado nos Kibbutz de Israel, engajando a comunidade para o próprio desenvolvimento através da  responsabilidade pessoal.

Um dos modos mais efetivos para alcançar esta comunidade, e várias outras na África, é através das artes cênicas. Com isto em mente foi formado o projeto "South Roots" e várias produções foram lançadas desde então. Dois musicais foram produzidos, "Broken Shackles" (Gilhões quebrados) e "A Noiva", e foram apresentados na Europa e EUA. Todos os integrantes do musical são jovens carentes de Roodewal.



Além do projeto South Roots, o Kibbutz El-Shammah roda um clube de Futebol, grupos de discipulado para diversas idades, um grupo para meninas, casa de abrigo para jovens que sofrem abuso, proejtos de distribuição de alimentos e pojetos de aconselhamento.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Douglas Hugentobler

Douglas é o diretor acadêmico da Universidade das Nações em Worcester, África do Sul. Ele faz parte da liderança da Jocum em Worcester, onde mora há 16 anos junto com sua esposa e filhas.

    Comentar pelo Blogger
    Comentar pelo Facebook