5 Teorias interessantes sobre a criação do mundo

Por séculos os diversos povos da terra imaginavam como o mundo havia sido criado e muitas teorias curiosas surgiram. Aqui vão cinco delas:

1. Os Maias

De acordo com os Maias, existiam dois povos, os Tepeu e os Gucumatz. Eles sentavam e imaginavam coisas e estas vinham a existir. Eles pensaram nas montanhas, a terra, os oceanos, os céus e os animais e de uma vez todos apareceram. Eles usaram o pó da terra para criar as pessoas, mas porque elas se desmanchavam quando se molhavam as refizeram de madeira. Mas estas pessoas causaram tanto problema que eles usaram um dilúvio para os exterminar.  Alguns foram permitidos a começar de novo e a Terra se tornou como ela é hoje.




2. Os Escandinavos

De acordo com os escandinavos, havia um vazio que precisava ser preenchido. Existiam dois deuses, Muspell e Nifihiem. Muspell era o líder do mundo das chamas e Nifihien era o líder do mundo gelado. Eles planejaram o que criariam neste espaço vazio. Dentro deste espaço o ar se tornou ameno e o gelo começou a derreter e Ymir foi criado. Ele era um deus mau. Enquando Ymir dormia, ele suou muito e trouxe à vida dois gigantes machos e uma fêmea. Mais gelo derretou e uma vaca foi criada. Ele tinha muito leite para alimentar Ymir. Ela por sua vez se alimentava lambendo cubos de gelo. Depois de alguns dias lambendo gelo foi revelado um homem com um filho. O filho casou com uma das filhas dos gigantes de gelo e tiveram três filhos que acabaram matando Ymir. O sangue que saiu de Ymir afogou todos os gigantes do gelo com excessão de Berglimir e sua esposa. Eles tomaram a carne e os ossos de Ymir e então criaram a Terra. Enquanto caminhava pela Terra, Odin, um dos filhos destes gigantes, viu duas toras de madeira e lhes deu vida, um outro irmão lhes deu cérebros e sentimentos, e um outro lhes deu audição e visão. Deste homem e mulher gerados vieram todos os outros seres humanos.



3. Os Chineses

Os Chineses acreditam que no princípio o céu e a Terra eram um. O universo era como um grande ovo negro que carregava um deus, Pan-Gu, dentro de si. Pan-Gu acordou de um sono de 18 mil anos e queria sair deste ovo. Ele tomou então um grande machado e abriu caminho. A luz se tornou os céus e as partes mais pesadas viraram a Terra. Pan-Gu estava entre os dois, com a sua cabeça tocando nos céus, e os seus pés firmados na Terra. Todos os três cresciam 3 metros por dia. Depois de outros 18 mil anos todos pararam de crescer. Depois deste tempo, o seu respirar se tornou o vento e as nuvens. Sua voz é o trovão e seus olhos o sol e a lua. As montanhas foram formadas pelo seu corpo e o seu sangue formam os rios e os oceanos. O solo fértil vêm de seus músculos e as estradas de suas veias. As flores e árvores vêm de sua pele e pêlos, enquanto as estrelas de sua barba e cabelo. Pérolas e jade são feitos de sua medula e de seu suor vêm a chuva e o sereno.



4. Os Australianos

Na Austrália os aborígenes criam que a Terra era vazia e sem nada no princípio. Não havia luz, vida ou morte. O sol, lua, estrelas e os ancestrais eternos dormiam sob a Terra. Quando os ancestrais acordaram, eles caminhavam sobre a Terra em forma de humanos, animais, plantas e uma combinação de todas estas formas. Houve dois pessoas que foram formadas do nada e a medida que eles andavam pela Terra, eles passavam por algumas plantas, animais e humanos que não haviam sido terminados. Eles então esculpiam cabeças, corpos e membros dos troncos das árvores. Assim as pessoas foram formadas sobre a face da Terra. Depois que o trabalho da criação dos humanos terminou os ancestrais voltaram a dormir. Eles deixaram trilhas sagradas, que podem ser vistas nas formas de poços de água, pedras e árvores.



5. Os índios Apache

Eles criam que no princípio não havia nada. De repente, apareceu um disco pequeno com um homem dentro. Depois de acordar ele olhou para cima e a luz surgiu. Depois de criar a luz, ele esfregou suas mãos e a empurrou para baixo. Uma menina em uma nuvem apareceu. Ele a perguntou para onde ela estava indo, mas ela não respondeu. Ela perguntou de onde ele era, e ele disse que era do leste. Ela perguntou onde estava a Terra, e ele perguntou onde estava o céu. Ele cantou quatro vezes, que é o número de sorte dos Apaches, enquanto ele pensava o que mais poderia criar. Ele abriu os braços em um movimento brusco e o deus sol apareceu. Ele então abaixou os braços e um menino apareceu. Todos os quatro deuses estavam presentes e todos sacudiram as mãos, misturando o seu suor com os dos outros, e começaram a cantar sobre a criação da Terra quatro vezes. Depois de esfregarem as mãos, uma bola marrom apareceu. Ele a chutou e ela expandiu, a menina a chutou e ela expandiu ainda mais, o deus sol e o menino fizeram o mesmo com o mesmo resultado. Ele então mandou que o vento entrasse na bola e a enchesse. O criador então criou mais deuses para tomarem conta da Terra. Ele criou trabalhadores para o ajudar a construir a Terra. Uma vez que ele terminou e desapareceu tendo criado todo o mundo e os humanos.


Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Douglas Hugentobler

Douglas é o diretor acadêmico da Universidade das Nações em Worcester, África do Sul. Ele faz parte da liderança da Jocum em Worcester, onde mora há 16 anos junto com sua esposa e filhas.

    Comentar pelo Blogger
    Comentar pelo Facebook